Saiba quais as plantas tóxicas que você tem em casa

Olá, pessoal!

Hoje vamos falar sobre um tema muito importante para quem tem criança pequena e animais domésticos em casa…as plantas tóxicas!

Como já dissemos antes, toda planta é tóxica, porém o que diferencia uma da outra é seu grau de toxicidade. Boa parte das plantas que conhecemos (e consumimos) apresenta uma toxicidade muito baixa, ou seja, somente se ingerirmos em concentrações muito altas elas seriam capazes de nos fazer mal. Já outras são capazes de fazer mal à nossa saúde (e à dos pets) somente pelo simples contato com a pele ou pela ingestão de uma quantidade muito pequena.

Então vamos lá, seguem abaixo algumas plantas que possuem toxicidade relevante na hora da manipulação e/ou ao ingerirmos…

  • Arruda (Ruta graveolens): altamente tóxica, sendo que sua ingestão é desaconselhada. Em mulheres grávidas é abortiva, causa confusão mental, convulsões e dores violentas nos intestinos.  Durante o manuseio, o seu óleo pode causar irritações à pele. Pode ser usada externamente apenas.  É considerada uma erva de limpeza, podendo ser usada em banhos, defumações e benzimentos. Faz parte do vaso de sete ervas.
Arruda (Ruta graveolens)

Arruda (Ruta graveolens) ©Sabor de Fazenda

  • Aveloz (Euphorbia tirucalli): produz látex cáustico irritante à pele e mucosas quando cortada. É bem frequente a ocorrência de acidentes com esta planta durante a jardinagem e brincadeiras de crianças. Portanto evite deixá-las em locais que circulam crianças e animais domésticos e quando for manuseá-la tome cuidado. 
Aveloz (Euphorbia tirucalli)

Aveloz (Euphorbia tirucalli) ©Sabor de Fazenda

  • Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima): outra representante do gênero Euphorbia (assim como a aveloz e coroa-de-espinho), possuindo todas as propriedades tóxicas do grupo, devido ao seu látex cáustico. Esta espécie passou por um intenso melhoramento genético, que lhe conferiu caráter de ornamental, sendo muito comercializada no período próximo ao Natal.
Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima)

Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima) ©Sabor de Fazenda

  • Cânfora (Artemisia camphorata): não causa danos à pele quando manipulada, porém apresenta toxicidade ao ser ingerida. Popularmente, é apresenta uso externo para sanar problemas de contusões e problemas do sistema respiratório.
Cânfora (Artemisia camphorata)

Cânfora (Artemisia camphorata) ©Sabor de Fazenda

  • Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia amoena): planta ornamental (facilmente encontrada nos quintais de nossas avós) e tóxica em todas suas partes, sendo responsável por graves casos de intoxicação, principalmente em crianças. Sua ingestão e contato provocam irritação nas mucosas e pele. Em humanos e animais domésticos pode causar edema nos lábios, língua e palato, cólicas abdominais, náuseas, vômitos e nos olhos causa lesão e irritação nas córneas. Também é considerada uma erva de proteção, fazendo parte do vaso de sete ervas.
Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia amoena)

Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia amoena) ©Sabor de Fazenda

  • Confrei (Symphytum officinale): esta planta é popularmente conhecida pela sua ação cicatrizante, sendo empregada para a cura de úlceras e gastrites, porém ela possui ação hepatotóxica, decorrente da presença de alcalóides pirrolizidínicos. Por isto, seu uso interno deve ser evitado! Externamente não causa irritações à pele, sendo usada na forma de compressas e cataplasmas para cicatrizar feridas e ossos fraturados.
Confrei (Symphytum officinale)

Confrei (Symphytum officinale) ©Sabor de Fazenda

  • Coroa-de-espinho (Euphorbia milii): assim como a coroa de cristo e outras espécies do gênero Euphorbia, é causadora de intoxicações, pois seu látex tem propriedade cáustica. Também causa frequentes casos de intoxicação devido à jardinagem e brincadeiras de crianças (“comidinha”).
Coroa-de-espinho (Euphorbia milii)

Coroa-de-espinho (Euphorbia milii) ©Sabor de Fazenda

  • Trombeteira (Brugmansia suaveolens): comumente confundida com lírios, possui frutos com cápsulas espinhosas, cada um com uma semente. É venenosa em todas suas partes e ao esfregar suas folhas ela emana um cheiro intenso e fétido. Sintomas da intoxicação são por esta planta são: vermelhidão, secura da pele, boca seca, tonturas, cãibras e alucinações. Suas flores podem ser roxas (foto abaixo) ou brancas, dependendo da variedade.
Trombeteira (Brugmansia suaveolens)

Trombeteira (Brugmansia suaveolens) ©Sabor de Fazenda

  • Urtiga (Urtica dioica): os pelos presentes em suas folhas e caules causam dor imediata ao serem manipulado com as mãos desprotegidas. Estes pelos possuem efeito irritativo, causando inflamação, vermelhidão cutânea, bolhas e coceira, devido à presença de histamina, acetilcolina, serotonina. Em todo o Brasil, esta planta é muito utilizada como cerca-viva.
Urtiga (Urtica dioica)

Urtiga (Urtica dioica) ©Sabor de Fazenda

Por isto, tome cuidado ao escolher o tipo de planta e o local que irá colocá-la, se você tem crianças e animais domésticos em casa. E quando for manuseá-la, como podar, use sempre luvas.  

No post da semana que vem falaremos sobre plantas ornamentais que podemos ter em casa e que não apresentam toxicidade relevante. Até lá!

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo 

Sobre Sabor de Fazenda

Somos um viveiro orgânico de ervas e temperos situado na Vila Maria, São Paulo. Oferecemos mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos, que se encantam ao aprender o valor e os benefícios de cada planta e a delícia de fazer seu próprio jardim de ervas.
Esse post foi publicado em plantas ornamentais, plantas tóxicas e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Saiba quais as plantas tóxicas que você tem em casa

  1. Pingback: Quais as plantas ornamentais (não tóxicas) que podemos ter em casa tranquilamente? | Viveiro Orgânico Sabor de Fazenda

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s