Salve a sálvia!

Salvia_Gabi_Pastro (4)

 Sálvia….

Esta beleza de erva é uma herbácea perene multifacetada, sendo considerada medicinal, aromática e ornamental, seu nome vem latim e significa ‘salvar’, tendo sido considerada pelos romanos uma erva sagrada, tanto que em espanhol é chamada de hierba sagrada. Como falado pela Rosy L. Bornhausen em seu livro ‘As ervas do sítio’, ao longo da história da humanidade, a sálvia foi sempre associada à longevidade e imortalidade.

Sua origem e plantio…

Assim como o alecrim, orégano e tomilho, a sálvia é originária da região do Mediterrâneo. E, sabendo de sua origem, podemos saber qual sua preferência de solo e regas. O Mediterrâneo possui solos calcários, arenosos e levemente secos, a região possui invernos chuvosos e verões secos, com baixíssima precipitação e temperaturas mais altas que aqui no Brasil, portanto, é uma planta que não gosta de muita umidade em suas raízes e folhas, prefere um solo com boa drenagem e arenoso e gosta de muito sol. Com isto, se torna uma exceção para aquela nossa regra: plantas com folhas grandes requerem maior quantidade de água, ou seja, um solo mais úmido e plantas com folhas pequenas preferem menos.

O excesso de água em suas folhas a torna suscetível ao desenvolvimento de fungos, como oídio e míldio, que deixam as folhas esbranquiçadas, fato mais agravado durante o período de inverno. Para evitar isto, faça podas regulares, retire sempre as folhas secas, maneire na rega e deixe-a em local bem ensolarado.

Por ser uma erva perene, ela possui alta longevidade, acima de três anos, porém quando a planta se torna antiga (acima de 4 anos) acaba apresentando perda de suas propriedades aromáticas, portanto é aconselhável substituí-la.

Existem mais de 900 espécies de sálvia, porém a espécie mais comum é a Salvia officinalis, qual possui folhas alongadas, levemente aveludadas e de coloração verde-acinzentada. Suas flores são violetas, porém são poucos frequentes em nosso clima. Como dito acima, a sua região de origem possui alta disponibilidade de radiação solar e longos fotoperíodos (mais que aqui no Brasil) no verão, fatores essenciais para seu florescimento.

Salvia officinalis ©Sabor de Fazenda

Salvia officinalis ©Sabor de Fazenda

Companheira e antagônica…

Como já dissemos antes aqui, existem plantas que são consideradas companheiras, quais se desenvolvem bem quando plantadas juntas, e plantas antagônicas, que acabam inibindo o crescimento de outras. Portanto, quais são as plantas consideradas companheiras da sálvia? O alecrim, morango e cenoura. Já a cebola é uma antagonista, ou seja, não deve estar presente no mesmo canteiro, vaso ou jardineira.

Características aromáticas, medicinais e ornamentais…

Suas inúmeras qualidades a torna uma ótima opção para termos em nosso jardim. Suas variedades ornamentam vasos, jardineiras e canteiros, sendo uma alternativa para aqueles que não têm muito espaço em casa, desde que permaneça em um local com no mínimo 5 horas de sol diário. Se a opção for por vaso ou jardineira, atente-se a profundidade mínima que estes devem ter…20 cm!

Além de ornamental, é intensamente aromática, devido ao alto teor de óleos essenciais, apresentando um sabor levemente apimentado e amargo. Suas folhas são utilizadas como condimento na culinária de diversos países à séculos, apesar de aqui no Brasil ainda ser pouco utilizada. Na cozinha francesa, é utilizada para cozinhar carne branca e em sopas de vegetais. Os alemães usam-na frequentemente em pratos de salsichas. É também de uso comum na cozinha italiana. Nos Bálcãs e no Médio Oriente, é usada em assados de borrego.

Também é muito utilizada na medicina caseira, sendo que a infusão (para inalação) de suas folhas limpa o  sistema respiratório, pois possui propriedades descongestionantes. Possui ação anti-inflamatória, sendo usada para gengivite (bochechos) e dores de garganta (gargarejo).

Uma receita deliciosa…

Jardinagem Gastronômica ©Sabor de Fazenda

  • Manteiga aromatizada com sálvia para utilizar como molho de macarrão e carnes:

Ingredientes: 1 tablete de manteiga com sal; 1-2 dentes de alho; 1 porção de folhas de sálvia; sal marinho e pimenta a gosto.

Modo de usar: coloque o sal, pimenta, alho e a sálvia em um socador e macere bem, depois acrescente a manteiga e misture. Se preferir, deixe descansar por 24 horas para intensificar o sabor ou congele em papel filme para usar posteriormente.

E agora que tal começar a cultivar está preciosidade em sua horta?

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo 

Sobre Sabor de Fazenda

Somos um viveiro orgânico de ervas e temperos situado na Vila Maria, São Paulo. Oferecemos mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos, que se encantam ao aprender o valor e os benefícios de cada planta e a delícia de fazer seu próprio jardim de ervas.
Esse post foi publicado em ervas do mediterrâneo, plantas companheiras, sálvia, Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Salve a sálvia!

  1. Helena disse:

    olá!
    minha sálvia sempre foi linda, mas mudei de casa recentemente e, talvez por bater menos sol (ainda bate no período mais quente do dia), ela está acinzentada na parte de baixo do caule. Parece algum tipo de fungo…
    O manjericão recentemente começou a ser atingido por cochonilhas, também. Temo que se espalhem pelas plantas… há algum tipo de tratamento que eu possa fazer nelas? Se eu não cnsumi-las por um tempo, posso utilizar a calda de fumo?

    Agradeço muito pelas informações.
    Atenciosamente,|
    Helena

    • Olá, Helena. Tudo bom? Você pode aplicar óleo de nim ou simplismente passar uma solução de água e sabão nas folhas para ir retirando os pulgões. Não indicamos a calda de fumo, pois ela mata tanto os animais ruins quanto os bons. O ideal é você encontrar um local que bata mais sol, senão elas sempre estarão suscetíveis as pragas e doenças. Abraços, Gabi.

  2. Maria Ortega disse:

    Obrigado pelo esclarecimento sobre a sálvia.Gostaria de saber mais sobre outras ervas.abracos a todos.

  3. Marcia disse:

    Adorei a receita da manteiga aromatizada. Vou experimentar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s