Atitudes para economizar água no seu jardim

Gabriela Pastro

Em meio a esta crise da água, a economia é primordial. Por outro lado, nosso jardim precisa de regas, principalmente neste período de escassez de chuva. Como proceder, então?

Rega ©Sabor de Fazenda

Existem algumas atitudes que geram a economia de água no jardim, vejam só:

1. Deixe sempre a terra de canteiros e vasos bem fofa, afofe seus vasos 1 vez por semana, sendo que canteiros podem ser afofados em menor frequência. Se a terra não estiver fofa, quando chover ou você regar, a água terá dificuldade em penetrar no solo. Em vasos podemos detectar quando a terra está muito compactada ao a vermos vazando pelas bordas, com isto desperdiçando água.

2. Priorize a drenagem, a adição de areia de plantio (em torno de 1/3) no momento da instalação da horta (de canteiros e vasos) propicia um melhor escoamento e aproveitamento da água para dentro do solo.

3. Use cobertura vegetal morta (folhas secas) nos vasos e canteiros, isto possibilita segurar por mais tempo a umidade do solo. Além disto, sem o contato direto com o sol, a terra fica fofa e bem drenada por mais tempo.

4. Faça regas em períodos mais frescos do dia (começo ou final do dia), ou seja, evite molhar sua horta/jardim sob sol muito forte. Estudos comprovam que a perda de água pode chegar a 30% quando regamos sob altas temperaturas! A rega pode ser leve e em dois períodos, não é necessário colocar água em abundância, afinal a planta não conseguirá utilizar ela totalmente.

5. Colete a água da chuva e utilize para realizar as regas. Você pode fazer esta captação com baldes ou outros recipientes. As plantas adoram a água da chuva, muito mais que a encanada. A chuva traz consigo minerais importantes para as plantas, veja a diferença do seu jardim depois de um dia de chuva e depois de uma rega corriqueira…é incrivelmente nítida!

6. Regue apenas o solo, não devemos regar as folhas, pois esta umidade poderá propiciar o aparecimento de doenças, além do fato de desperdiçar água, afinal as plantas captam, em sua maioria, água pelas raízes.

7. Regue bem próximo ao solo. Quanto mais próximo do solo você realizar a rega, menor a probabilidade de o solo compactar e melhor o aproveitamento da rega. É incrível, mas quando as gotas caem a grandes distâncias elas são capazes de comprimir a terra.

Como puderam ver, atos simples fazem com que a gente otimize o uso da água, sem que nossas plantas sofram com isto. Vamos começar agora!?

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo

Sobre Sabor de Fazenda

Somos um viveiro orgânico de ervas e temperos situado na Vila Maria, São Paulo. Oferecemos mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos, que se encantam ao aprender o valor e os benefícios de cada planta e a delícia de fazer seu próprio jardim de ervas.
Esse post foi publicado em economia de água, economia de água na horta, rega e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Atitudes para economizar água no seu jardim

  1. Regina Pimenta disse:

    Adorei as dicas

  2. Republicou isso em Viveiro Orgânico de Ervas e Temperos Sabor de Fazendae comentado:

    Vamos comemorar o Dia Mundial da Água economizando esta preciosidade!

  3. Pingback: Hortas Perenes: a solução para economizar água no jardim | Viveiro Orgânico de Ervas e Temperos Sabor de Fazenda

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s