Bulbo, rizoma, raiz ou tubérculo??

Por Gabriela Pastro

Você faz confusão com raiz, bulbo e outras estruturas da planta? Agora é a hora de esclarecermos tudo! Será que tudo que chamamos de batata é apenas um tipo de estrutura??

Vamos lá…

  • Bulbo: é um caule com entrenós muito curtos, qual forma um disco com gemas. Dele saem as raízes. Os melhores exemplos para entendermos como funciona são as cebolas, alho e funcho. As camadas que vemos são as folhas modificadas (catafilos), quais armazenam reserva energética para a planta. Outros exemplos seriam lírios e tulipas.
Rebrotando a cebola

Rebrotando a cebola

Achamos na internet uma ilustração (em espanhol) mostrando as parte do bulbo da cebola, incrível:

Imagem da internet. Autor desconhecido.

Imagem da internet. Autor desconhecido.

  • Raiz tuberosa: estrutura que cresce para baixo e fixa a planta ao solo e, neste caso, é um tipo de raiz que contém alta concentração de reserva nutritiva. São exemplos: batata-doce, bardana, beterraba, cenoura, rabanete e yacon.
  • Rizoma: é considerado um caule subterrâneo. A planta que apresenta esta formação não possui aquele caule típico que conhecemos e reconhecemos na maioria das plantas. Neste caso, a planta se desenvolve a partir do rizoma, qual nutre a nova planta até que ela esteja pronta para sobreviver sozinha. Após este período, o rizoma atrofia e seca. O rizoma gemas, quais são capazes dar origem a novas plantas. Araruta, batata ariá, cúrcuma, gengibre, inhame e mangarito são alguns exemplos.
Rizoma da cúrcuma (açafrão-da-terra)

Rizoma da cúrcuma (açafrão-da-terra)

  • Tubérculo: estas estruturas podem ser aéreas ou subterrâneas, sendo que elas possuem gemas que propiciam o brotamento de novos ramos e folhas (na parte superior) e raízes (na parte inferior). Os tubérculos subterrâneos são bem conhecidos por nós e o melhor exemplo é a batata inglesa. Já cará-moela (ou cará-do-ar) é um tubérculo que cresce no ar. O legal destas estruturas é que quando a planta se depara com condições muito adversas o tubérculo sente menos este impacto e é capaz de rebrotar quando estiver em condições favoráveis.

Vocês sabiam que algumas plantas produzem frutos subterrâneos?? Sim, pessoal!! O amendoim é um deles, quando a flor é polinizada o fruto começa a descer em direção ao solo. Portanto, ele se desenvolve e amadurece embaixo da terra…legal, não!? 😉

Ficou alguma dúvida? Escreve para nós nos comentários.

Bibliografia:

Felippe, Gil. 2012. Gaia – O lado oculto das plantas: tubérculos, rizomas, raízes e bulbos. Editora Tapioca, São Paulo 118 pp.

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Anúncios

Sobre Sabor de Fazenda

Somos um viveiro orgânico de ervas e temperos situado na Vila Maria, São Paulo. Oferecemos mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos, que se encantam ao aprender o valor e os benefícios de cada planta e a delícia de fazer seu próprio jardim de ervas.
Esse post foi publicado em horta caseira e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s