Controle ecológico de lesmas e caracóis

Gabriela Pastro

Agora que estamos no outono, os dias estão se tornando cada vez mais curtos e, com isto, há menor disponibilidade de luz solar. Com a menor incidência de luz do sol (e temperatura) a terra costuma manter mais a umidade e isto é uma oportunidade para o surgimento de doenças fúngicas. Apesar de menos frequente neste período do ano, podem ocorrer infestações de lesmas e caracóis, decorrentes desta excessiva umidade do solo.

Se suas plantas aparecem com as folhas recortadas e você não consegue achar o bicho causador, este pode ser um forte indício de ataque de lesmas e caracóis. Faça uma investigação noturna e você poderá comprovar. Estes bichos não costumam ter hábitos diurnos e só surgem ao entardecer.

Controle ecológico de lesmas e caracóis ©Sabor de Fazenda

Controle ecológico de lesmas e caracóis ©Sabor de Fazenda

Para afastar estes animais você pode embeber uma estopa com cerveja ou leite e colocar ao entardecer nas proximidades das plantas atacadas. Logo de manhã, antes do sol forte, vá à horta e verifique as estopas. Se tiverem caracóis e lesmas, coloque-os bem longe de sua horta ou mate-os. Outra opção é cortar ao meio chuchu ou berinjela e colocá-los voltados para baixo, nas proximidades das plantas atacadas, assim como a cerveja e o leite, estes frutos atrairão os moluscos.

Para evitar que eles surjam ou ressurjam, modere na rega e plante sempre sua horta no local que bata mais sol ao longo de todo o ano.


Divulgacao_Horta_caseira_organica (15)

Aprofunde seus conhecimentos em controle ecológico de pragas e doenças no curso ‘Horta Caseira Orgânica com PRÁTICA’ do agrônomo Marcelo Noronha (30/abril das 9h00 – 16h00).

 

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Anúncios

Sobre Sabor de Fazenda

Somos um viveiro orgânico de ervas e temperos situado na Vila Maria, São Paulo. Oferecemos mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos, que se encantam ao aprender o valor e os benefícios de cada planta e a delícia de fazer seu próprio jardim de ervas.
Esse post foi publicado em agricultura ecológica, controle de pragas, manejo ecológico, Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Controle ecológico de lesmas e caracóis

  1. Izabel Cristina Alves de souza disse:

    Por favor preciso de ajuda. …tenho pes de jilo. …que de repente começaram a murchar…como se fossem falta de agua..perderdem as folhas também.Arranquei um pé do jilo e vi varios bichinhos brancos na terra.Podem me explicar que que espécie de praga é essa? E como posso abacar com elas. Minha horta é caseira…..estao em toda hora . Muito obrigado. …Abraços.

  2. brazilretro disse:

    Meu pai me disse certa vez.. plante as lá, nem todas as sementes prosperarão, mas algumas delas irão em frente sem sementeira… será? 🙂 Tentei um tempo atrás mas não foi adiante, creio eu que na época era por drenagem! Estou na segunda tentativa! 🙂 grande abraço!

  3. brazilretro disse:

    Boa Tarde pessoal! Muito bom o tópico! Novamente parabéns pelo site! Não sei se estou direcionando corretamente esta sugestão! Mas envio por aqui uma sugestão de matéria. Eu estou construindo minha primeira horta, ela já possui irrigação pedras e areia .. aprendi a drenar!! 🙂 Tudo ótimo… mas… a pergunta é… uma sementeira é realmente necessária? Tenho visto diversas técnicas de sementes, e outros blogs sugerindo mudinhas, mas como não sei a procedência das mudinhas, e tenho muita vontade de criar algo do zero… bem, estes fatores aliados a minha falta de tempo me deixaram plantar as sementes neste ambiente e torcer para que cresçam sem precisar de ter uma sementeira com cultivo noturno e com estufas etc. Minha pergunta é se … eu deixar como está as sementes crescerão normalmente? Não consigo entender enfim qual a real necessidade das sementeiras e qual a chance da minha horta ir em diante com tudo que precisa, exceto elas… MUITO OBRIGADO!
    🙂 André

    • Olá, Brazilretro. Tudo bom? Adorei seu depoimento. Pode deixar que ou esta ou na próxima semana vamos escrever sobre a sua dúvida. Abraços, Gabriela

      • brazilretro disse:

        Muito obrigado! Realmente essa dúvida é um barato, para mim, leigo de tudo nesta área! (risos) Penso assim, poxa na natureza não há sementeiras, por que na minha mini horta deveria? Especialmente se eu não tenho tempo para isso? (risos 2) Já rego regularmente e faço orações para as sementes se transformarem em mudinhas logo, já que irrigo, há sol, drenagem correta e um vaso razoável de tamanho. Considerando tudo isso para mim é muito difícil entender a necessidade das sementeiras!

        Aguardo ansioso! E novamente obrigado por aceitar a sugestão! Abraços!

    • Olá, André. Não esquecemos de você. Na quinta-feira vai ao um post falando sobre como manter as sementeiras. Espero que goste. Abraços, Gabriela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s