Plantas Despoluidoras

Gabi Pastro

Existem muitos estudos que comprovam o potencial desintoxicante do ambiente de diversas plantas. Quando cultivadas dentro de casa elas são capazes de diminuir a concentração de toxinas maléficas à saúde humana e dos animais domésticos. Nós não produzimos a maioria destas plantas, por serem ornamentais, porém o tema é muito importante e não poderia ficar de fora do nosso blog.

Confiram algumas espécies com este potencial de limpeza e como cultivá-las:

  1. Lírio-da-paz (Spathiphyllum cannifolium): uma das plantas mais desintoxicadoras do ambiente, é capaz de reduzir considerável a concentração de muitas toxinas prejudiciais à saúde. Pode ser cultivada em vasos e jardineiras, devendo ser deixada a meia-sombra, sempre mantendo a terra bem adubada e umedecida. Não tolera baixas temperaturas, por isso é indicada para ambientes abrigados. Essa planta tem vida longa, dura mais de 10 anos. Pode ser mantida em ambientes fechados.
  1. Gérbera (Gerbera jamesonii): apresenta flores de cores variadas e por isso, é muito utilizada para ornamentação. Sua altura varia de 30-40 cm de altura. Possui forte presença em buquês e decoração. Gosta de climas frios, mas também se desenvolve bem em clima subtropical. No solo tem duração de 2 a 3 anos. Pode ser cultivada em vasos. Tolera solos mais secos, em ambientes fechados pode ser regada de uma a duas vezes por semana. Quando plantada em ambientes externos, nos períodos de chuva não precisa ser regada. Gosta de receber sol indireto em abundância.
  1. Antúrio (Anthurium andraeanum): possui flores nas cores brancas, salmão, cor-de-rosa e vermelha, dependendo da variedade. Apresenta de 0,30 – 1,0 m de altura com folhagem ornamental. É cultivada em vasos, em conjuntos isolados ou jardineiras e sempre a meia sombra. Também é utilizada para corte devido sua beleza e durabilidade. Não tolera temperaturas muito baixa e seu solo tem estar bem adubado. Regar de 2 a 3 vezes na semana.
  1. Dracena-de-madagascar (Dracaena marginata): arbusto com folhas de bordas avermelhadas, atingindo de 2-4 m de altura. Muito utilizada em decoração interna, porém atinge grande porte. Pode ter seus ramos facilmente retorcidos ou encurvados, propiciando pelo efeito decorativo. Regas diárias e excessivas não favorecem seu crescimento. Tolera ambiente de ar-condicionado.
  1. Clorofito ou gravatinha (Chlorophytum comosum): apresenta folhas com bordas de coloração branca ou amarela, seu tamanho médio é de 15-20 cm. Possui pequenas flores brancas. É cultivada em vasos, bordaduras e canteiros, de preferência a meia-sombra. Muito utilizado no paisagismo. O solo deve ser mantido adubado e úmido, mas não encharcado. A rega deve ser feita de 2-3 vezes na semana quando em ambientes fechados, em ambientes abertos elas podem ser mais espaçadas. Tolera baixas temperaturas, resistindo em ambientes de ar-condicionado.
  1. Espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata): apresenta folhas espessas, atingindo de 70-90 cm de altura. Pode ser cultivada em vasos pequenos ou em grandes agrupamentos, como em canteiros. Pode ser mantida em sol pleno ou meia-sombra, portanto sobrevive bem tanto em ambientes abertos quanto fechados. Apresenta boa resistência a solos áridos e ao calor tropical, bem como ao frio, por isso deve ser pouco regado (1 vez na semana). Esta espécie nós cultivamos e vendemos aqui no viveiro.
  1. Crisântemo (Chrysanthemum morifolium ou Dendranthema grandiflorum): possui flores com alta variedade de coloração, atingindo 0,50 – 1,0 m de altura. Muito cultivado para corte, sendo uma das flores de corte mais comercializada do Brasil. Florescem ao longo de todo ano. Desenvolve-se bem em locais de climas amenos, precisando de 5 horas por dia de sol. As regas devem ser frequentes, mas o solo não deve ficar encharcado, em período chuvoso regar menos.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Anúncios

Sobre Sabor de Fazenda

Somos um viveiro orgânico de ervas e temperos situado na Vila Maria, São Paulo. Oferecemos mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos, que se encantam ao aprender o valor e os benefícios de cada planta e a delícia de fazer seu próprio jardim de ervas.
Esse post foi publicado em plantas despoluidoras, Sem categoria e marcado , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Plantas Despoluidoras

  1. Marina Conde disse:

    Olá, em relação à poluição do solo, gostaria de saber se a utilização de pneus na horta é adequada. Na internet circula informações de que ele solta metais pesados. Grata

    • Olá, Marina. Tudo bom? Já ouvimos esta informação, mas não temos nada concreto de que realmente seja tóxico. Por via das dúvidas, aqui no viveiro nós não plantamos mais. Deixamos apenas os que já estavam plantados. Abraços, Gabriela

  2. Andrea Barbara disse:

    Estou no aguardo da tabela de preço. Muito obrigada.

    ________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s