Horta com fungos!

Gabi Pastro, especialista em ervas aromáticas e especiarias

Estamos em um período bem chuvoso e nele algumas pragas e doenças típicas surgem. O mais comum são pulgões e fungos pós-chuvas. No post de hoje o foco são os fungos. Eles surgem pela combinação calor e umidade.

Com a chuva frequente e o sol mais fraco, entre nuvens, a folhas mais centrais das plantas não conseguem secar e é com essa parte que temos que ter mais atenção. Vejam a foto dessa salsinha crespa:

Salsa crespa com fungo

Esse problema também é frequente na lavanda, a qual não gosta de umidade e não consegue se proteger dela. Quando eles surgem e espalhando-se temos aquela típica visão da planta com o entorno bonito, porém com o miolo úmido, na coloração marrom e com quase todas as folhas mortas.

Diversos tipos de fungos podem surgir e eles apresentam colorações diferentes. Por exemplo, o míldio apresenta-se em manchas amarelas ou vermelho-púrpura e o oídio confere colocação esbranquiçada. O problema é identificado tardiamente quando a cor do fungo é similar a das folhas, como no caso da sálvia-comum, vejam:

Já o manjericão sofre com fungo Fusarim oxysporum, qual faz o pé inteiro murchar e morrer muito rapidamente.

 

Podemos evitar/reduzir o problema ao:

– Evitar a rega nas folhas durante os meses de chuvas frequentes

– Podar as primeiras folhas com a doença que surgirem, assim a ela não espalhará na planta e na horta

– Fazer uma poda de limpeza para aumentar a circulação de ar no entorno e no meio da planta

– Observar frequentemente as plantas, principalmente a região mais central delas.

– Em casos de infestações, aplicar inseticida natural de pimenta e alho. Receita aqui.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Anúncios
Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

INÉDITO | Oficina de Tingimento Natural e Bordado Livre

Esta oficina tem por finalidade apresentar aos participantes as técnicas tradicionais de tingimento de tecidos com o uso de plantas. Num encontro prático, os participantes aprenderão a extrair pigmentos de plantas e usá-los para tingir naturalmente os tecidos. E também aprenderam pontos de bordado simples para imprimir no tecido tingido deforma manual resgatando uma técnica tão antiga.

Conteúdo: 
– Um pouco da história do tingimento
– Corantes naturais vs. corantes sintéticos
– Materiais necessários para tingir em casa
– Preparação do tecido
– Obtenção da tinta vegetal
– Processo de tingimento
– Bordado

Data: 30/01/2018 (terça-feira)
Horário: 09h as 16h30
Coordenação: Beth Bacchini e Beatriz Alcantara
Local: Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
Investimento: R$380,00 (curso, apostila digital e almoço)

Formas de pagamento:
– Opção 1 (a vista): R$ 361,00 depósito bancário a vista – 5% de desconto (válido para pagamento integral realizado 10 dias anteriores a oficina) ou R$ 380,00 (para pagamentos após 10 dias anteriores a oficina)

– Opção 2 (2x): R$ 190,00 no ato (depósito bancário) e R$ 190,00 no dia (dinheiro, cheque, crédito ou débito) – sem desconto

*O depósito bancário garante a reserva da vaga.

INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES: sabordefazenda@sabordefazenda.com.br ou (11) 2631-4915

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O que é boldo afinal?

Gabi Pastro, especialista em ervas e especiarias

Existe uma confusão enorme entorno do nome “boldo”, pois ele é utilizado para denominar diversas plantas, quais geralmente possuem sabor amargo e funcionam como tônico estomacal. O verdadeiro boldo (Peumus boldus) é uma pequena árvore do Chile, qual possui aroma de mastruço (Chenopodium ambrosioides), suas folhas são encontradas no comércio, porém não são cultivadas no Brasil. É potencialmente tóxico, devido suas concentrações de alcaloides.

Existe ainda o falso boldo, chamado boldo-grande ou boldo-baiano (Plectranthus grandis), muito parecido com o P. barbatus (boldo-africano), o qual difere por ter os talos e as folhas igualmente amargas, e o boldo-miúdo ou boldo-gambá (Plectranthus neochilus).

Outra planta denominada boldo usada é a Vernonia condensata, conhecida também por alumã ou boldo-indígena.

Veja o guia fotográfico abaixo:

Tome cuidado ao fazer uso de alguma planta com intuito fitoterápico, pois você deve ter certeza da espécie em questão.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em boldo, confusões botânicas, Sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

Celebre 2018 | Cursos e Oficinas de Janeiro

Inscrições: sabordefazenda@sabordefazenda.com.br ou (11) 2631-4915.

Formas de pagamento: depósito bancário, opção 1x e 2x, consulte-nos.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Nossos votos para 2018

Por este ano que se encerra, queremos comemorar!

Desejamos à você, nossa planta mais nobre, saúde e essência para o seu ano.

E nas parcerias saudáveis, que com vocês realizamos, agradecemos por mais um ano de aprendizado e crescimento. E seguimos fazendo planos com você em nosso pensamento. 

Desejamos que seu 2018 seja leve e aromático!

Grande abraço, Silvia e Sabrina Jeha e Equipe Sabor de Fazenda!

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Mensagem de Natal

Nossos votos para seu Natal…

Desejamos para vocês, amigos, clientes e parceiros, um Natal repleto de alegria, paz, amor e momentos em família. Que juntos possam brindar esse momento tão especial. 

Feliz Natal!! 

 

 


FEIRAS ORGÂNICAS…

Faremos normalmente as Feiras Orgânicas do Parque da Água Branca e do Ibirapuera no dia 23/dezembro, porém  não estaremos no dia 30/dezembro. 

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

A simbologia das ervas

Por Gabi Pastro, especialista em ervas aromáticas e especiarias e herbalista

As ervas fazem parte do nosso dia a dia há milênios, antes mesmo de inventarmos a escrita já as utilizávamos, seja na medicina, culinária ou uso mais energético. Ao longo da história, o real e o imaginário dessas belezas da natureza se misturaram e hoje não conseguimos mais separá-los. Dessa forma, carregamos conosco diversas simbologias, confira a de algumas ervas que amamos tanto:

  • Alecrim: purificador do ambiente. Ajuda a elevar os pensamentos. Altamente energizante. Dizem que um pé de alecrim jamais passará a altura que Cristo tinha e que suas flores se tornaram lilás azulada e suas folhas aromáticas apenas após Maria se abrigar aos seus pés. Ahhh não podemos esquecer que quem tem um pé lindo de alecrim em casa significa que a mulher é quem manda… 😉 …como é na sua casa?

  • Lavanda: eleva o astral e relaxa e acalma a mente. Traz tranquilidade e equilíbrio. Estimula o amor. Seu nome vem do latim ‘lavare’, mais especificamente lavar as impurezas da mente e do corpo.

  • Louro: atrai prosperidade, progresso e crescimento. Erva atrelada à mitologia grega, Os vencedores dos Jogos Olímpicos ganhavam uma coroa de louro, qual simbolizava a vitória e reconhecimento. Diz-se que a ninfa Dafne teria se transformado em um loureiro para fugir do assédio do deus Apolo. Impossibilitado de ter sua amada, ele teria confeccionado uma coroa de louro e usado para sempre, ou seja, é uma erva relacionada à imortalidade também.

  • Manjericão: traz sorte, felicidade, prosperidade e proteção. Considerada uma erva real pelos franceses e divina pelos indianos. Conta a história que o manjericão só cresce vistoso quando a semeadura é feita aos xingamentos. Na Antiguidade, a colheita do manjericão era feita apenas após acontecer um ritual específico de limpeza, no qual a mão direita tinha que ser purificada com folhas de carvalho e a esquerda precisava ser lavada três vezes em fontes diferentes.

  • Sálvia: estimula o equilíbrio entre mente e corpo. Espanta vibrações negativas e traz proteção à casa e as pessoas. Seu nome, em latim, significa salvar. Dizem que quem tem um pé de sálvia lindo e vistoso em casa não precisa se preocupar com a morte 😉 .

Nesse final de ano, dê presentes repletos de simbologia, como as ervas aromáticas. Seus amigos, familiares e colegas de trabalho irão amar!

Garanta desde singelas mudas à lindas cestas de ervas para amigos secretos, festas corporativas e reuniões familiares.

Mais informações: (11) 2631-4915

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em alecrim, ervas aromáticas, Ervas de Provence, Lavanda, manjericão, sálvia, Sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

SAVE THE DATE | Curso Prático de Jardinagem Orgânica Comestível 2018

 

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Palestra Gratuita | Controle ecológico de pragas e doenças com produtos Neudorff

A Neudorff desenvolve produtos para o controle integrado de pragas podendo ser usado tanto por jardineiros como por produtores rurais conscientes com o meio ambiente. Sua filosofia é solucionar os problemas causados por pragas e doenças com produtos que são inofensivos ao homem, seus animais domésticos e ao meio ambiente.

Nessa palestra, o engenheiro agrônomo Wagner Novais apresentará os diferentes produtos da Neudorff e suas devidas aplicações.

 

Data: 13/dezembro

Horário: 14h00 – 15h00

Local: Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo

 

É necessário fazer inscrição: sabordefazenda@sabordefazenda.com.br (única forma de inscrição).

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br
Publicado em Sem categoria | 2 Comentários

Ervas para diminuir o consumo de sal

Confira a participação da nossa herborista Silvia Jeha no Programa Mulheres. Dessa vez, o tema foi ervas para diminuir o consumo de sódio do dia a dia.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br

 

 

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário