Como preparar terra orgânica e fazer a adubação

Gabriela Pastro

O momento de plantio/transplante pode gerar algumas dúvidas em relação à qual terra utilizar. Porém é muito simples, nós tem duas opções: comprar uma terra orgânica pronta já adubada ou preparar a nossa própria mistura com terra que temos em casa. Um fator é primordial: quando você for iniciar o plantio, a terra utilizada tem que estar com adubo.

Mas como fazer esta mistura em casa? A herborista Silvia Jeha da Sabor de Fazenda, em uma participação para o programa Vida Plena, ensina como fazer:

Esta mistura mostrada no vídeo acima serve tanto para o plantio em vasos quanto para o uso em canteiros, ok!? E o ideal é deixarmos este novo solo descansar em torno de uma semana, para que o adubo possa se equilibrar corretamente.

Semana que vem temos mais dicas de como fazer a manutenção deste novo solo. Até lá! 

Veja nossa lista de produtos de jardinagem acessando aqui.

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
Anúncios

Sobre Sabor de Fazenda

Somos um viveiro orgânico de ervas e temperos situado na Vila Maria, São Paulo. Oferecemos mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos, que se encantam ao aprender o valor e os benefícios de cada planta e a delícia de fazer seu próprio jardim de ervas.
Esse post foi publicado em agricultura orgânica, dicas simples, Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

14 respostas para Como preparar terra orgânica e fazer a adubação

  1. Thalita Santos Rocha disse:

    Boa tarde gostei muito do seu video explicativo sobre a terra. Estou tendo problemas com formigas cortadeiras e lagartinhas no meu manjericao. O que faço para acabar com elas. Estao destruindo as folhas do meu pé de manjericao que esraava tao lindo.
    Obrigada e aguardo.

    • Olá, Thalita. Tudo bom? O ideal para você eliminar as formigas é fazer uma adubação com torta de nim e aplicar óleo de nim tanto nas folhas como no solo. Já quanto as lagartas, você pode fazer uma catação manual ou aplicar dimypel. Grande abraço e seja sempre bem vinda por aqui.

  2. Cristiane Santos disse:

    Boa tarde,gosto muito de plantas e recentemente me mudei para uma casa que tem um quintal enorme na frente da casa!A antiga moradora plantou hortelã,cebolinha e mesmo um tempo sem morador as plantinhas não morreram!Como o quintal é bem grande gostaria de fazer uma horta de um lado e do outro que dá muita sombra na parte da tarde fazer um jardim.O que voce acha e quais as dicas que voce pode me dar.
    Cristiane
    Minas Gerais

    • Olá, Cristiane. Tudo bom? Obrigada pelo seu comentário. Você deve ter uma delícia de espaço. Invista mesmo na sua horta. Aqui no nosso blog tem várias dicas que serão úteis para este seu começo. Abraços, Gabriela.

  3. Micael disse:

    Para fazer a adubação com esterco de boi também é a mesma medida, para cada tres quantidades iguais de terra, uma de esterco? Vou plantar espinafre. Obrigado!

  4. gloria aparecida da silva disse:

    e para as hortas suspensas uso o mesmo preparo de terra?

  5. Valter Alves Borges disse:

    oi ,tenho cama de frango ,resto de casca e caroço de algodão ,qual deve ser a quantidade que devo misturar com a terra para ter uma mistura boa.obrigado .Valter.

    • Olá, Valter. Nós não temos experiência com cama de frango nem o caroço do algodão…pena, mas sabemos que, por ser um adubo super forte, deve ser colocado em uma proporção pequena, não mais que 10% do substrato . Abraço, Sabrina

  6. Silvana Melo disse:

    Boa tarde!
    Tenho um pedaço de terra no meu quintal que eu gostaria de fazer uma horta orgânica! Mas o problema é que as “pragas” teimam em nascer, então não sei como faço para me livrar delas!

    • Silvia, tudo bom? É um ótimo sinal se você tem matos espontâneos crescendo no jardim, eles fazem o controle ecológico das verdadeiras pragas da horta, fora que muitas são comestíveis. Elas sempre aparecerão, é normal. Atenciosamente.

  7. Vanda Lourdes Fernandes de Mattos disse:

    Sílvia,
    Gosto muito de planta ou melhor, amo plantas.Gostaria que você me desse algumas dicas de qual tipo de plantas eu posso colocar na minha varanda que bate sol e é muito quente. Já tive plantas na varanda, porém de algum tempo para cá as plantas queimam e não se desenvolvem.Moro no Rio de Janeiro, Ilha do Governador.
    Agradeço se puder me orientar, caso contrário agradeço da mesmo forma. Irei respeitar sua impossibilidade de fazê-lo.
    Vanda Mattos

    • Olá, Vanda. Você tem um local ideal para plantio de uma horta. A presença de pelo menos de 4-5 horas de sol diário e direto é essencial para ervas, temperos e hortaliças. O “excesso” de sol não é um problema, porém o calor excessivo sem devida rega é. Para que estas plantas se desenvolvam bem nos períodos de intenso calor é necessário regar frequentemente e ao poucos, por exemplo, regando 2 vezes ao dia e não 1 vez de maneira intensa nos períodos mais frescos do dia. De modo geral, ervas e temperos (como alecrim, tomilho, manjericão, cebolinha) se desenvolvem bem no calor, porém diversas hortaliças podem sofrer com as altas temperaturas. Portanto, na sua varanda priorize plantas aromáticas e evite (nos períodos de muito calor) as hortaliças folhosas (como as alfaces).

      Te ajudamos?

      Atenciosamente, Gabriela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s